Publicado em 01 Jan 2019

Homo sacer, sujeitos abandonados ao crime

Redação

O paradigma de onde esse processo acontece são os campos de concentração nazistas descritos por Hannah Arendt, nos quais o indivíduo é reduzido a pura zoé, animalizado, e seu corpo é privado de sua diferenciação, absolutamente controlado e aniquilado.

aline

Aline Souza Martins

Homo sacer é um conceito cunhado por Giorgio Agamben, filósofo italiano cuja produção se concentra nas relações contínuas entre filosofia, ética, estética, lógica, literatura, poesia, política e o meio jurídico, compreendendo-as como áreas implicadas umas nas outras e indiferentes. Esse autor é considerado um importante expoente intelectual sobre a teorização do mundo contemporâneo e vem sendo usado como referencial teórico de diversas pesquisas.

Ele retoma a figura do direito romano antigo homo sacer para evidenciar o ponto entre o poder soberano e a biopolítica que é exercido pelo meio jurídico e que torna certas vidas, homo sacer, matáveis. A pesquisa de Agamben trata do ponto oculto entre o modelo jurídico-institucional e o modelo biopolítico de poder, questão que foi ignorada por Foucault (ENDO, 2011).



Ou seja, o autor reinscreve o poder soberano como atuante, e considera que a biopolítica é tão antiga q...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica