Publicado em 23 May 2018

Racional ou emocional: o dilema das lideranças

Redação

A experiência e a competência de alguns profissionais ajudam para que se tenha um bom nível de assertividade.

camanho

Roberto Camanho

As incertezas e as rápidas mudanças do mercado exigem dos líderes assertividade e agilidade nas decisões. O desejo é pensar como o Dr. Spock!

Além das mudanças e das incertezas, há também uma maior aversão ao risco. A busca dos líderes é ser extremamente racional e decidir com base em análises igualmente racionais. Daí surge a síndrome do Dr. Spock! Simplesmente porque o personagem do seriado Star Trek – Jornada nas Estrelas personifica o raciocínio lógico próprio, sem manifestar emoções.

Para aliviar as tensões geradas pela síndrome do Dr. Spock, vale lembrar que não é possível, para um ser humano, levantar todas as informações e analisar todas as variáveis que envolvem um problema. Esta descoberta foi feita por Herbert Simon, autor da Teoria da Racionalidade Limitada, o que lhe valeu o prêmio Nobel de Economia de 1978.

A experiência e a competência de alguns profissionais ajudam para que se tenha um bom nível de assertividade. Por outro lado, aprenderam a selecionar o que é relevante, mas não têm todas as informações referentes ao problema.

...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica