Publicado em 18 Dec 2018

A importância do brincar na perspectiva dos direitos humanos

Redação

Em um sentido ampliado, para além de uma questão morfofuncional, na perspectiva dos direitos humanos, a saúde deve ser vista como um complexo e amplo estado ou percepção.

andré

André Reis

A Organização Mundial de Saúde (OMS) caracteriza saúde como estado de completo bem-estar físico, psíquico e social e não apenas como ausência de doença ou enfermidade. Desde os anos 1980/90, a OMS tem reiterado que o grau máximo de saúde é um dos direitos fundamentais do ser humano sem distinção de raça, religião, ideologia política, condição econômica ou social.

Essa visão de saúde, ampliada e aliada aos princípios do Artigo 3º da Declaração Universal dos Direitos Humanos, expressa que todo ser humano tem direito à vida. Novos termos ressignificam e ampliam a noção conceitual de saúde: bem-estar e qualidade de vida são utilizados nesta dimensão.



Num sentido ampliado, para além de uma questão morfofuncional, na perspectiva dos direitos humanos a saúde deve ser vista como um complexo e amplo estado ou percepção. Podemos falar em fatores determinantes da qualidade de vida ou bem-estar, representados por fatores orgânic...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica