Publicado em 19 Feb 2019

Os desafios da internet das coisas (IoT)

Redação

Conforme um estudo do BNDES, a internet das coisas (internet of things - IoT) é uma infraestrutura global para a sociedade da informação, que habilita serviços avançados por meio da interconexão entre coisas (físicas e virtuais), com base nas tecnologias de informação e comunicação (TIC). Em sentido amplo, trata-se não apenas de conectar coisas, mas também de dotá-las do poder de processar dados, tornando-as inteligentes. Por isso, a IoT vem ganhando espaço não somente pelo surgimento de tecnologias disruptivas, mas também pela evolução de um conjunto de tecnologias já disponíveis, que estão se tornando mais acessíveis, possibilitando sua adoção em massa.

iotHayrton Rodrigues do Prado Filho –

A IoT pode ser uma pessoa com implante de monitor cardíaco, um animal de fazenda com um transponder de biochip, um automóvel que tenha sensores embutidos para alertar o motorista quando a pressão do óleo estiver baixa ou qualquer outro objeto produzido pelo homem em que pode ser atribuído um endereço IP e é capaz de transferir dados através de uma rede. Cada vez mais, as organizações em diversos setores estão usando a IoT para operar com mais eficiência, compreender melhor os clientes para fornecer um atendimento aprimorado, melhorar a tomada de decisões e aumentar o valor do negócio. Há três requisitos básicos para que um caso seja considerado como de IoT, conforme o quadro abaixo.

iot3

Por exemplo, um trator, além de arar a terra, passa também a coletar uma extraordinária quantidade de dados, que serão posteriormente analisados por uma aplicação hospedada em um data center, que produzirá relatórios para o agricultor tomar decisões sobre onde e quando plantar.

...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica