Publicado em 03 mar 2020

A relevância do varejo regional de supermercados para a economia brasileira

Redação

Para que que o consumo continue sendo relevante para a economia brasileira e o varejo impulsione o desenvolvimento regional, os grupos varejistas precisam continuar a investir em inovação, tecnologia e treinamento da equipe.

varejo2Fernando Gambôa, Paulo Ferezin, Estela Zanata e Pedro Fagundes

Notícias recentemente publicadas na imprensa revelam que o consumo das famílias brasileiras, responsável por quase dois terços do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, tem sido o principal motor da aceleração da atividade econômica do segundo semestre deste ano. Se for mantido esse ritmo em 2020, a expectativa é que este seja o principal responsável para o retorno do Brasil aos níveis verificados antes da recessão.



Esse movimento está alinhado a dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), que revelou recentemente que o setor supermercadista brasileiro faturou R$ 355,7 bilhões em 2018, representando 5,2% do PIB, contemplando mais de 89 mil lojas e 1,8 milhão de funcionários. A associação também destaca que o Brasil é o país do varejo de supermercados, contando tanto com mercadinhos familiares de bairro como com cadeias com força regional. Mais da metade (60%) dos varejis...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica