Publicado em 10 Jul 2018

Criando galinhas e frangos caipiras conforme as normas técnicas

Redação

A produção de carne e de ovos caipiras, se bem planejada, administrada e com a utilização do manejo correto conforme as normas técnicas, pode proporcionar uma boa lucratividade.

Da Redação -

caipira

A criação de frangos caipiras e galinhas poedeiras pode ser feita pelo sistema de confinamento. O plantel fica fechado em viveiros bem ventilados, mas com proteção a ventos, chuvas e sol forte. Deixe disponível água fresca e ração de boa qualidade de acordo com a idade e a finalidade do manejo.

Para o abate, ração de engorda; e para poedeiras, ração de postura. Os ninhos devem ser forrados com maravalha, e/ou palha bem seca, para que as galinhas botem seus ovos sem o risco de quebrar. Pelo sistema de semiconfinamento, as aves são soltas pela manhã após receberem ração. Ficam a pasto, onde deve haver acesso a água limpa, e são recolhidas no fim do dia, quando recebem uma refeição de ração.

No viveiro também deve haver água fresca. A economia na alimentação é maior, mas a possibilidade de perda dos ovos também, pois as galinhas tendem a se esconder no mato para fazer os ninhos e botar os ovos. A engorda das aves para corte é um pouco mais lenta, já que ao se movimentarem mais, por estarem soltas, deixa a carne um pouco mais rija.

Na criação aberta, totalmente soltas, as aves também se alimentam no pasto, porém, resultados melhores são possíveis quando recebem, pelo menos, uma refeição de ração de boa qualidade. Deixe fácil o acesso a...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica