Publicado em 07 Aug 2018

O uso, a proteção e a transferência de dados pessoais

Redação

Muito se fala em segurança digital ou da informação, contudo, nos últimos anos a área do business têm se utilizado da mineração de dados para projeção comercial tornando-se um fator indispensável e de concorrência. Tudo isso sem a mínima ética.

proteção2

O mercado mundial de big data e analitycs prevê movimentar cerca de U$42 bilhões em 2018. Essa crescente demanda no uso de tecnologias inteligentes nos negócios, baseado na transformação digital, tem despertado vários dilemas éticos de como manusear e proteger os dados.

Por isso, foi editada a General Data Protection Regulation (GDPR), um novo regulamento da União Europeia que vai mudar significativamente as obrigações de empresas que lidam com dados de pessoas que sejam residentes na União Europeia. O intuito da mudança é aumentar a privacidade desses indivíduos online.



O novo regulamento vale para toda empresa que processar ou armazenar dados pessoais de qualquer residente na UE, independentemente de onde se encontre. Ou seja, mesmo que sua empresa esteja no Brasil, precisa estar de acordo com a nova regulamentação caso tenha dados pessoais de contatos em Portugal, Espanha, França ou qualquer outro país da UE.

Mas o que são esses dado...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica