Publicado em 05 Feb 2019

Os riscos da queda de árvores em áreas urbanas

Redação

No verão são frequentes as quedas de árvores nas áreas urbanas, causadas pelas chuvas intensas, ventos e, muitas vezes, pela falta do manejo adequado da vegetação arbórea. Além de risco de graves acidentes envolvendo pessoas e de danos materiais, a queda de árvores traz transtornos à população por conta da interrupção de vias públicas, do fornecimento de energia elétrica ou de serviços de telecomunicações. Conheça uma norma técnica que pode servir como gestão de conhecimento sobre o assunto.

queda3Hayrton Rodrigues do Prado Filho –

Segundo a Prefeitura de São Paulo, as árvores urbanas desempenham funções importantes para os cidadãos e o meio ambiente, tais como benefícios estéticos e funcionais que estão muito além dos seus custos de implantação e manejo. Esses benefícios estendem-se desde o conforto térmico e bem estar psicológico dos seres humanos até a prestação de serviços ambientais indispensáveis à regulação do ecossistema.

Além disso, a ausência de arborização somada a outros fatores como poluição e elevada concentração de asfalto e concreto produzem ilhas de calor, que são áreas de baixa umidade relativa e alta temperatura. As árvores são contribuintes chaves para a moderação dos extremos climáticos dos grandes centros urbanos.



Outro benesse seria a interceptação da água da chuva, pois as copas das árvores fracionam a água das chuvas, o que diminui a energia do impacto da gota no solo minimizando o problema de erosão. As...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica