Publicado em 02 Feb 2021

As propriedades dos silicones para aplicações elétricas

Redação

Basicamente os silicones, tantos os de estado físico líquidos como as borrachas, são originados pelos mesmos métodos e mesma matéria prima, diferenciando somente a viscosidade ou grau de polimerização. Todo processo inicia com a redução da sílica (areia) para um silício elementar que é submetido a reação química com cloreto de metila a uma temperatura de 300ºC na presença de um catalisador a base de cobre, resultando então a formação de silano-metilclorado que é fracionado, destilado e separado dentro da classificação mono, di ou tri em contraparte de cloro funcional no clorosilano. Os elementos dicloro são os mais importantes para formação de longas cadeias lineares, desde que sua bifuncionalidade permita tal crescimento molecular, quimicamente em duas dimensões. As formações de espécies elementares tricloro produzem ligações estruturais tridimensionais sendo importante para materiais base rígidos, não elásticos. Depois da destilação, os dimetil dicloro silanos, são hidrolizados para formação de silanois que rapidamente se condensam em siloxanos cíclicos e siloxanos de baixo peso molecular, mais tarde são submetidos a reação com soda cáustica para produzir também os siloxanos cíclicos, principalmente o dimetil tetrâmero ou D4, que é a base de toda borracha dimetil siloxano, sendo que nesta fase mostra-se como um líquido claro de baixa viscosidade. Deve-se conhecer os métodos de ensaio para cerificação das propriedades dos óleos de silicone para aplicações elétricas.

Da Redação – 

O silicone é um material elástico cuja estrutura básica está constituída por uma união do grupamento Si-O, sendo obtido primordialmente a partir da areia de quartzo através de sofisticados processos químicos. Quando submetido à altas temperaturas e reações químicas complexas obtém-se o silício metálico, precursor de uma família de compostos designados de silanos que, por sua vez, são as matérias primas destinadas à fabricação da borracha de silicone.

O silicone apresenta inúmeras vantagens em relação a outros tipos de borracha: resistência à altas temperaturas (até 300° C); flexibilidade à baixas temperaturas; resistência elétrica transversal; boa resistência a compostos químicos como ácidos, bases, oxigênio e ozônio; tem alta plasticidade; é inodoro, atóxico e antiaderente, possui baixa deformação permanente e grande versatilidade na manipulação de colorações diferentes, apresentando excelentes propriedades condutivas e isolantes. Utilizando-se compostos de silicone é possível fabricar artefatos com uma gama de dureza entre 25 e 80 Shore A e os vulcanizados ficam na faixa de dureza compreendida entre 50 e ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica