Publicado em 28 Jun 2022

As estratégias de controle de ruído em ambientes de trabalho com maquinário

Redação

O controle de ruído em ambientes de trabalho com maquinário pode ser implementado por meio de várias medidas técnicas e pode haver diversas maneiras para solucionar um problema relacionado a ruído. Essas medidas são a redução de ruído na fonte, como, por exemplo, em máquinas ou processos de trabalho, a redução de ruído aumentando a atenuação do som durante a sua propagação, como, por exemplo, usando enclausuramentos, partições, revestimentos absorventes, a redução de ruído em posições específicas como, por exemplo, usando cabines. A eliminação e/ou redução da exposição ao ruído aos trabalhadores contribui diretamente para um ambiente mais saudável e seguro. Dessa forma, a probabilidade de absentismo, acidentes e baixo rendimento é muito menor. O ruído é considerado um dos agentes mais comuns nos ambientes de trabalho e, quando sua exposição ao trabalhador é maior do que o permitido, pode como consequência acarretar muitas doenças e malefícios à saúde, como, por exemplo, a perda auditiva por ruído ocupacional que, quando adquirida, não possui tratamento. Existem algumas estratégias a serem usadas ao tratar problemas de ruído em locais de trabalho existentes e planejados, descrevendo conceitos básicos em controle de ruído (redução de ruído, emissão de ruído, imissão de ruído e exposição ao ruído). É aplicável a todos os tipos de locais de trabalho e a todos os tipos de fontes sonoras encontradas nos locais de trabalho, incluindo as atividades humanas.

Da Redação – 

A exposição ao ruído sem a devida proteção pode causar sérios danos à audição e à saúde em geral do trabalhador. A perda, ou redução da sensibilidade de audição, pode se dar em diversos níveis, que dependerão do tempo de exposição e do nível de ruído ao qual o indivíduo está exposto.

O trauma acústico também pode ocorrer como resultado da exposição a ruído de curta duração, porém com alta intensidade, como explosões e estampidos. A exposição a este tipo de situação pode lesionar todas as estruturas do ouvido, podendo levar a perda auditiva imediata, severa e permanente.

A exposição ao ruído por longos períodos de tempo pode causar também outros danos à saúde do trabalhador, definidos como efeitos auditivos, como vertigem, cefaleia, disfunção hormonal, redução da libido, aumento de batimentos cardíacos, hipertensão arterial leve ou moderada, estreitamento dos vasos sanguíneos, tensão muscular, alterações digestivas, dificuldade de repouso do corpo, aumento da frequência respiratória, irritabilidade, insônia, ansiedade. Existem muitas medidas que podem ser tomadas a fim de diminuir a exposição ao ruído,...

Artigo atualizado em 28/06/2022 01:08.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica