Publicado em 29 Jan 2019

O projeto de um sistema de aquecimento de água a gás

Redação

Usar um aquecedor a gás apropriado pode deixar a sua ducha ainda mais agradável. Porém, antes de instalar, é preciso saber as vantagens e as desvantagens, e avaliar as condições do local da instalação e cumprir a norma técnica para o projeto (contemplando concepção, dimensionamento, arranjo hidráulico e especificação de componentes, entre outros) e a instalação (contemplando montagem, ensaios, entre outros) de Sistema de Aquecimento de Água a Gás (SAAG) para sistemas prediais e uso humano.

Conserto de um sistema de aquecimento de água a gásDa Redação -

Embora o chuveiro elétrico esteja presente em aproximadamente 3/4 das casas brasileiras, segundo dados do Programa de Conservação de Energia Elétrica do Ministério das Minas e Energia (Procel ), o chuveiro a gás é ainda uma opção muito utilizada. Sua principal vantagem é que o sistema não depende de energia elétrica, ou seja, não irá influenciar na conta de luz nem será um problema tomar banho quando houver um apagão. Por outro lado, essa economia vem se reduzindo com os recentes aumentos no preço do botijão de gás.

A NBR 16057 de 04/2012 – Sistema de aquecimento de água a gás (SAAG) – Projeto e instalação estabelece os requisitos para o projeto (contemplando concepção, dimensionamento, arranjo hidráulico e especificação de componentes, entre outros) e a instalação (contemplando montagem, ensaios, entre outros) de Sistema de Aquecimento de Água a Gás (SAAG) para sistemas prediais e uso humano. Esta norma se aplica aos seguintes gases combustíveis: gás natural (GN), gases liquefeitos de petróleo (GLP, propano, butan...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica