Publicado em 18 Feb 2020

Bebidas adjacentes e as preferências da nova geração

Redação

Há grandes novidades que a geração Z deverá exigir do setor de bebidas e as mudanças que esse novo comportamento geracional acarretará aos mercados, sendo que novas oportunidades surgirão.

daniel

Daniel Amaral

Em abril de 2018, a empresa de pesquisas e informações Nielsen Holdings publicou um levantamento com base em dados de 2017 que apontava uma queda de 1,7% nas vendas totais de cerveja no Brasil. Ainda assim, em um país reconhecido por seu apreço à bebida, o faturamento total das indústrias de cerveja cresceu 1,6% naquele mesmo ano, quando houve também aumento do número de cervejarias artesanais nacionais: 37,7% mais estabelecimentos que no ano anterior. Este ano, o mercado já está apontando para um crescimento entre 1,5% e 2%, o que sinaliza uma recuperação, mesmo com a economia brasileira ainda estagnada.



A forma de consumo de bebidas pelos jovens - no Brasil e no mundo - está mudando, mas em cada local de um jeito diferente. Países como Itália e França, por exemplo, são mercados com forte presença de bebidas como o vinho e a cidra, mas que agora têm aberto mais espaço para o consumo de cerveja, muito por conta de sua pop...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica