Publicado em 02 jun 2020

As perspectivas para o gerenciamento de data centers

Redação

Nos data centers, os algoritmos criados para automação de tarefas e manutenção preditiva estão se tornando mais refinados, permitindo que os administradores se concentrem menos nas tarefas rotineiras e mais no planejamento futuro.

Alan Satudi - 

Estamos no meio de uma transformação tecnológica que o mundo nunca viu antes. Neste ano, os principais facilitadores dessa transformação ganharão impulso, e veremos atividade intensa nas seguintes áreas:   e machine learning (ML) para uma infraestrutura de automação, modelos de everything as a service e data center ecológico. Inovações nesses campos levarão a muitas mudanças interessantes na gestão dos data centers na década que se inicia. 

A IA e o ML evoluíram significativamente, mas, agora, estamos realmente começando a ver os efeitos do que os sistemas inteligentes podem fazer. Nos data centers, os algoritmos criados para automação de tarefas e manutenção preditiva estão se tornando mais refinados, permitindo que os administradores se concentrem menos nas tarefas rotineiras e mais no planejamento futuro.

Conforme os algoritmos de AI e ML ficam mais refinados, a precisão melhora. Máquinas como UPS inteligentes já podem nos alertar quando precisam de uma bateria nova ou nos dão a solução de problemas. No futuro, os algoritmos aproveitarão os dados históricos para prever com mais exatidão quando algo precisa de manutenção. Portanto, além de dizer que algo está prestes a falhar, os sistemas inteligentes podem minimizar as chances de falha graças aos modelos de manutenção preditiva orientada por dados.

Os algoritmos de IA estão preparando o cenário para a automação completa da infraestrutura crít...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica