Publicado em 06 Apr 2021

As fossas sépticas devem ser construídas conforme a norma técnica

Redação

A fossa ou tanque séptico é uma solução paliativa para as regiões onde o serviço público de esgotamento sanitário ainda não está disponível. Em outros casos — principalmente em áreas rurais —, pode ser instalado um equipamento de fossa séptica biodigestora, em que ao final de um processo de tratamento por bactérias, o esgoto se transforma em água limpa não potável que pode ser usada para irrigação de alguns tipos de plantação ou até ser devolvida à natureza sem risco de contaminação do solo. Elas podem ser consideradas como unidades que fazem o tratamento primário do esgoto doméstico. Embora seja uma alternativa para coletar os dejetos gerados nas residências, ela deve ser tida como uma solução paliativa e temporária enquanto a ligação na rede de esgoto do município ainda não está disponível. O principal objetivo da fossa é receber e armazenar os esgotos por um determinado período de tempo. Dessa forma, os sólidos se sedimentam no fundo da estrutura e a gordura contida no esgoto fica retida. Apesar de ser capaz de realizar um tratamento primário, a sua eficiência é baixa e limitada, de modo que, se for lançado na natureza, esse esgoto tem potencial de contaminar o solo e a água, além de gerar odores e aspecto desagradável. Deve-se entender as condições exigíveis para projeto, construção e operação de sistemas de tanques sépticos, incluindo tratamento e disposição de afluentes e lodo sedimentado.

Da Redação – 

O saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e à produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica. No Brasil, o saneamento básico é um direito assegurado pela Constituição e pode ser definido como o conjunto dos serviços, infraestrutura e instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais. Em resumo, o saneamento é entendido como sendo os serviços de acesso à água potável, à coleta e ao tratamento dos esgotos.

Ter saneamento básico é um fator essencial para um país poder ser chamado de país desenvolvido. Os serviços de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na saúde Infantil com redução da mortalidade infantil, melhorias na educação, na expansão do turismo, na valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, na despoluição dos rios e preservação dos recursos hídricos, etc.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica