Publicado em 01 Jun 2021

Como reduzir a emissão de fluidos frigoríficos na refrigeração comercial

Redação

Esse é o processo de redução da temperatura de um corpo ou espaço. No caso da climatização, o objetivo é manter a atmosfera do ambiente agradável. Por isso, os refrigeradores possuem temperaturas positivas de 1ºC a 10ºC e os freezers têm temperaturas que variam entre -10ºC a -22ºC. Para que o processo de refrigeração ocorra, são necessários os seguintes elementos: o condensador; o compressor (o condensador e compressor podem estar já em um mesmo conjunto chamado unidade condensadora); o evaporador; a tubulação isolada conectando o evaporador ao compressor e condensador (ou unidade condensadora); um cabo elétrico conectando a unidade condensadora ao evaporador; o fluido refrigerante ou outro gás, como hidrocarbonetos, por exemplo. O sistema chamado refrigeração por compressão por meio da circulação do fluido refrigerante nos demais componentes, como um circuito. Assim, ele absorve o calor e o dissipa para outro local a partir da energia elétrica. Outra característica importante quando se quer entender o que é refrigeração comercial: a presença de um motor interno ou externo. Dessa forma, o sistema de refrigeração comercial é importante onde é preciso ter um número grande de produtos estocados. Por isso, seria necessária uma logística muito grande para fazer este procedimento diariamente. Por isso, a refrigeração comercial veio para oferecer soluções que otimizem o trabalho, e assim, melhor a produtividade dos colaboradores. Além disso, existem alimentos que precisam ser armazenados em temperaturas específicas e necessitam, por exemplo, de uma câmara fria. Com um equipamento assim, é possível oferecer uma variedade maior de produtos para o consumidor final e garantir o armazenamento correto dos produtos. Ao investir num equipamento de refrigeração comercial mais sofisticado, o empresário consegue sair da zona de conforto. Assim, ele oferece mais opções de alimentos para os consumidores e aumenta o faturamento da empresa. Deve-se entender quais são os procedimentos para redução da emissão de fluidos frigoríficos em equipamentos e instalações de refrigeração comercial e como fazer a detecção de vazamentos de fluidos frigoríficos, manutenção e reparo em equipamentos e instalações.

Da Redação – 

O fluido refrigerante é fundamental para o bom funcionamento dos sistemas de refrigeração e pode ser encontrado em vários tipos. As substâncias têm por característica transformar seu estado físico de acordo com a etapa do ciclo de refrigeração. Responsáveis por absorver o calor do ambiente, elas transportam pelo sistema até as saídas de ar da condensadora.

Existe no mercado uma série de fluidos refrigerante que podem ser classificados como: fluidossintéticos (HCFC / HFC / HFO); amônia; dióxido de carbono; e hidrocarbonetos. Entre os mais utilizados na refrigeração de pequeno porte, como geladeiras, estão o R-134a, R404A e, mais atualmente, os hidrocarbonetos R-600a e R-290. Os hidrocarbonetos requerem um cuidado especial na hora da manutenção, pois são inflamáveis.

Na refrigeração comercial média e grande, destacam-se o R404A, o R-134a e o R-410A, geralmente aplicados como refrigerante primário em um chiller, utilizando como fluido secundário uma solução de propilenoglicol. Também tem crescido substancialmente a quantidade de sistema utilizando fluido natural CO2 para baixas temperaturas, como o siste...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica