Publicado em 03 Aug 2021

A implantação da reciclagem ainda tem muitos desafios a ser enfrentados

Redação

É necessário entender que somente fechar a torneira ao escovar os dentes ou não jogar um papel na rua não é o suficiente. Todos devem ser reeducados para compreender e colocar em prática o conceito os três Rs: reduzir, reutilizar e reciclar. Para se ter uma ideia, um estudo feito pelo Ibope revelou que 75% das pessoas dizem não separar os materiais recicláveis em casa – e, acredite, a grande maioria não tem a mínima noção de como fazer essa seleção dos resíduos.

Francisco Oliveira – 

Mesmo com a popularização de assuntos relacionados à reciclagem, o Brasil ainda enfrenta muitos desafios para implementar ações e conscientizar a população a respeito da importância e urgência do descarte correto e reaproveitamento do lixo. As barreiras encontradas são grandes e um longo caminho ainda deve ser percorrido.

Mas, a grande questão é que o tempo está ficando cada vez mais curto porque 41,6% das 78,3 milhões de toneladas de resíduos gerados anualmente ainda têm destinação inadequada, segundo levantamento da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) e, de acordo com uma pesquisa do Banco Mundial, caso não ocorra uma mudança nos atuais padrões, a quantidade de lixo despejada no mundo crescerá 70% até 2050.

Esses números podem não significar tanto para quem não entende a gravidade da situação. Mas, atualmente, o Brasil ocupa a quarta posição entre os países com maior produção de lixo plástico, segundo um estudo da World Wildlife Fund (WWF). E somente 17% da população do país é atendida pela coleta seletiva, de acordo com um relatório de 2018 da...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica