Publicado em 17 jul 2018

Vencendo os riscos das caldeiras e vasos de pressão

Redação

Esses equipamentos não devem ultrapassar suas limitações técnicas em relação às condições operacionais: vazão de vapor, pressão e temperatura.

Da Redação –

caldeira2

Para a geração de vapor, normalmente se usa uma caldeira ou um vaso de pressão, um sistema de preaquecimento da água de alimentação (desaerador) e um sistema de alimentação de combustível, seja esta biomassa, óleo ou gás. As caldeiras são definidas como os equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior à atmosférica, utilizando qualquer fonte de energia, excetuando-se os refervedores e equipamentos similares utilizados em unidades de processo.

As caldeiras e os vasos de pressão devem ser construídos de acordo com as normas técnicas e devem ser adequadas às condições operacionais considerando o tipo de combustível e ao condicionamento da água que será transformada em energia através do vapor. Esses equipamentos não devem ultrapassar suas limitações técnicas em relação às condições operacionais; vazão de vapor, pressão e temperatura.

A energia transferida dos combustíveis para a água é calculada a fim de evitar os desperdícios e danos à estrutura da caldeira. O poder calorífico do combustível (PCI) e a massa de combustível devem estar compatíveis com a massa de água que irá absorver a energia liberada.

O superaquecimento é o maior causador de explosão em caldeiras. Quando exposta a temperaturas maiores q...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica