Publicado em 15 Jan 2019

As universidades e a invenção do futuro

Redação

Considere que, para se diferenciar em um de seus três pilares, as universidades deverão ter autonomia administrativa, financeira e acadêmica. Assim, o futuro demandará universidades autônomas, mais flexíveis e abertas, com estruturas inter, trans e muldisciplinares.

aldo

Aldo Paviani

Antecipar o que poderá ocorrer em parte do sistema educacional de um país, no caso as universidades, é um exercício de futurologia que tende a desafiar a imaginação de qualquer analista. O montante de informações necessário para essa tarefa deverá orientar as possibilidades de algum acerto, mas não de todas as previsões, em razão do encadeamento na avaliação de “se isso...”, “então aquilo”, que pode induzir a acertos em pontos considerados e enganos em outros. Tentarei responder como será a universidade pensando o futuro, não o futuro remoto, mas aquele que se possa vislumbrar em até 30 anos.

Há universidades federais, estaduais, (poucas) municipais e privadas. Pensa-se a universidade federal do futuro, que se deseja inovadora e moderna para ser o carro chefe das demais. E qual a razão desse enfoque? Em primeiro lugar, porque as universidades federais estão presentes em todos os estados brasileiros, possuem, quase todas, um conjunto de ações, de ensino de graduação e de pós-graduação. Proporcionam e dão estímulos à pesquisa, pois cada vez mais os docentes possuem mestrado e doutorado, e continuada exigência de produção de conhecimento. Em razão do ensino, da pesquisa e da extensão, essas universidades possuem gestão similar e orçamento destinado pela União (1)....

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica