Publicado em 11 Aug 2020

Melhore a performance de uma balança integradora

Redação

O usuário deve avaliar todos os elementos para a seleção da balança integradora que melhor atenda a sua necessidade de modo a obter as melhores exatidões, repetibilidades e linearidades de medição.

Matt Morrissey e Roberto Anazawa – 

Para se obter o resultado esperado de uma balança integradora é necessário tomar alguns cuidados. Independente da sua aplicação, seja para grãos, minérios ou outro material sólido, é importante dar atenção a fatores diversos que vão do local selecionado à correta execução de sua configuração para que a medição de massa seja exata conforme esperado. Para isso, há alguns itens que precisam ser observados com mais atenção para que a operação ocorra sem problemas.

O primeiro passo é configurar o módulo integrador da balança para que a medição seja exata. Especial atenção deve ser dada a parâmetros críticos como por exemplo a distância entre roletes, o comprimento da correia, o diâmetro da polia do sensor de velocidade ou a massa do peso padrão utilizado na calibração. Caso o espaçamento entre roletes seja configurado incorretamente em 5%, a exatidão será afetada em 5%, pois a correlação é direta.

Falando em roletes, o maior e mais comum problema individual relacionado à exatidão, repetibilidade e linearidade de uma balança integradora está em determinar a altura exata de montagem do cavalete de pesagem. Em relação à correia, não deve ser muito alta ou baixa, existindo uma altura ideal.

Caso a ponte de pesagem seja instalada muito abaixo em relação aos outros cavaletes, por exemplo, uma correia esticada poderia simplesmente "ignorá-la" (ausência de contato físico) e a correia passaria pela pont...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica