Publicado em 08 Dec 2020

A segurança dos sistemas de portas automáticas

Redação

As portas automáticas foram concebidas para abrir e fechar por meio de um motor elétrico e mecanismos de reconhecimento. Além disso, conta com diferentes opções que permitem a adaptação a qualquer tipo de projeto ou necessidade. A automação, quando aplicada a projetos arquitetônicos, deve oferecer, além de outros benefícios, a proteção. Um dos principais recursos que cumpre essa função é a porta automática de segurança. A tecnologia e os materiais adotados em equipamentos desse tipo solucionam boa parte dos desafios enfrentados na atualidade: como a necessidade de praticidade associada a um rígido controle de acesso. A porta automática de segurança é um equipamento desenvolvido com materiais, componentes e sistemas que elevam o nível de proteção oferecida aos usuários. O processo de funcionamento é o mesmo: as portas se abrem e se fecham de forma autônoma, conforme programação dos sensores de presença. Entretanto, há uma preocupação maior com o reforço da estrutura e as funcionalidades que podem ser adicionadas, como blindagem e controle de acesso. O cuidado com a segurança deve estar presente em todos os projetos de instalação de portas automáticas. Ele começa com as definições prévias do mecanismo de abertura e fechamento, que precisam ser programados para identificar, por meio de sensores, pessoas com diferentes estaturas. Além disso, precisam prever o tempo, a velocidade e o vão de abertura. Isso favorece a acessibilidade de forma segura e prática. É importante que esse trabalho seja feito por empresas experientes e certificadas, pois elas estão qualificadas a fazer a programação de acordo com as necessidades de cada projeto. No caso das portas automáticas de segurança, cabe avaliar, ainda, quais mecanismos ou sistemas podem ser adicionados para oferecer um nível superior de proteção. Existem opções diferenciadas de materiais, mecanismos de controle de acesso e procedimentos de funcionamento que melhoram as condições de proteção. Por isso, o mais recomendado é desenvolver projetos customizados, que, desde o planejamento, analisam as soluções mais alinhadas para cada local. Entre os componentes, sistemas e processos que podem ser utilizados para aumentar a proteção dos usuários, a porta automática de segurança pode incluir: blindagem; controle de acesso; materiais reforçados; e procedimentos de segurança. Deve-se entender os requisitos de segurança e métodos de ensaio dos componentes de portas automáticas deslizantes horizontais (retas e curvas), portas batentes e portas automáticas utilizadas em saídas de emergência para pedestres.

Da Redação – 

Os sistemas de controle de acesso desse tipo de porta limitam a entrada e a saída de pessoas a ambientes restritos. Por isso, também são considerados componentes associados à segurança e podem ser instalados nos projetos de portas automáticas. Eles funcionam como uma fechadura digital que, para ser liberada, passa por um processo de validação, podendo ser feito por meio de dispositivos como senhas; biometria; cartões eletromagnéticos; aplicativos.

A escolha da ferramenta a ser adotada deve considerar o perfil dos usuários que terão acesso ao local e se há ou não a necessidade de registro de dados dos acessos realizados. Por exemplo, para uma indústria ou uma empresa pode ser interessante que o dispositivo de controle de acesso arquive informações como quem entrou no local e o horário de entrada e saída. Um cuidado importante que se deve ter é contratar empresas especializadas, pois estão capacitadas a fazer a instalação respeitando todos os protocolos de segurança.

O tipo de material usado na instalação das portas automáticas também ajuda a fortalecer a segurança oferecida. Por exemplo, o vidro blinda...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica