Publicado em 15 Dec 2020

Câncer de mama: autoexame e cuidados preventivos são imprescindíveis

Redação

Para reduzir a incidência de casos da doença, que pode ser a causa de mais de 66.000 mortes este ano no Brasil, a orientação é não abrir mão dos cuidados preventivos, grandes aliados de pacientes na luta contra a doença, que tem alto potencial de cura, se detectada precocemente.

Egídio Cuzziol – 

Renata Oliveira, 33 anos. Há um ano, a enfermeira trava uma luta diária contra o câncer de mama. A batalha, que começou em frente ao espelho ao observar um edema vermelho no seio esquerdo, segue incansável entre semanas intensas de sessões de tratamento. "Minha jornada começou em outubro do ano passado. Em uma semana aquela mancha mudou minha vida para sempre. Sabia que havia algo errado e os exames de mamografia e ultrassonografia, seguido de uma biópsia, constatou o que eu temia. Eu estava diante da maior e mais difícil das minhas batalhas. Pouco mais de um mês depois de idas e vindas de consultórios, passei por uma mastectomia total da mama esquerda e comecei as dolorosas sessões de quimioterapias", relata a jovem. 

 

 

A história de Renata se confunde com as de outras milhões de pessoas que recebem o difícil diagnóstico da doença, que este ano deve atingir mais de 66 mil pessoas, segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer. O câncer de mama, que em 2019 foi a segunda causa de óbito mais frequente no país (foi responsável por mais de 18.000 óbitos, de acordo com o Datasus), vem demonstrando alta, tanto da incidência, como da taxa de mortalidade e, mais...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica