Publicado em 29 Dec 2020

O papel do fio de latão no processo de eletroerosão

Redação

O fio de latão é utilizado em diversos segmentos do mercado e tem aplicação na produção de bijuterias, mangueiras flexíveis e até em processos industriais que resultam na fabricação dos mais variados produtos que chegam até as nossas casas. Seu uso no processo de eletroerosão - processo no qual um material é modelado por meio de descargas elétricas - permite a produção de peças de geometria complexa, ou seja, aquelas com formas difíceis de serem obtidas por processos convencionais. Com este processo, também são obtidas placas de guia, e, principalmente, ferramentas de estampo de corte. O processo de eletroerosão é hoje usado em larga escala na     , com aplicação em várias áreas. Para se ter uma ideia, até mesmo a fabricação de automóveis envolve seu uso.

Ricardo de Luca – 

O fio de latão é um material utilizado em diversos segmentos do mercado e está mais presente no nosso dia a dia do que imaginamos. Ele tem aplicação na produção de bijuterias, mangueiras flexíveis e também é empregado em processos industriais que resultam na fabricação dos mais variados produtos que chegam até às nossas casas. É o caso da usinagem por eletroerosão, mas, qual o papel e a importância do fio de latão no processo de eletroerosão?

Para esclarecer isso, vamos às contextualizações. A usinagem por eletroerosão consiste em um processo no qual um material é modelado por meio de descargas elétricas. Embora essa associação entre corrente elétrica e usinagem ainda seja desconhecida por muitas pessoas, trata-se de uma técnica bastante antiga.

Existem relatos anteriores à Segunda Guerra Mundial sobre o uso de correntes elétricas para trabalho mecânico em materiais. Porém, foi só depois dela que a tecnologia começou a ser estudada e difundida com maior intensidade

Hoje, em estágio extremamente avançado, permite a produção de peças de geometria complexa, ou seja, aquelas com formas difíceis...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica