Publicado em 28 Sep 2021

A conformidade dos diafragmas de borracha natural e de silicone

Redação

Os diafragmas são um método contraceptivo compostos por uma membrana de silicone, em forma de cúpula, envolvido por um anel flexível. Existem diafragmas de vários tamanhos, podendo variar entre 50 mm a 105 mm. O diafragma é inserido na vagina antes da relação sexual, impedindo a entrada do esperma no útero. É recomendável que o diafragma seja utilizado junto a um creme ou geleia espermicida, para oferecer maior lubrificação e também para aumentar a eficácia contraceptiva. O diafragma deve permanecer no lugar durante seis a oito horas depois do coito para poder evitar a gravidez, mas deve ser removido dentro de 24 horas. Esse método contraceptivo apresenta uma chance de falha de 10%. Por se tratar de um procedimento de barreira e não hormonal, não possui efeitos adversos e ainda apresenta uma grande vantagem: a redução do risco de câncer de colo do útero. Recomenda-se o uso conjunto com espermicida para proporcionar maior eficácia. Para começar a utilizar o diafragma como método contraceptivo, a mulher deve visitar o ginecologista para saber o tamanho que melhor se adaptará a ela. O diafragma não é descartável, e pode ser utilizado por até três anos. Caso a mulher engravide ou ganhe peso, o diafragma deverá ser trocado. O cuidado com o anel é primordial para o seu funcionamento correto. Por isso, após a última relação sexual deve ser retirado, higienizado com água e armazenado corretamente. Esse método não pode ser utilizado durante a menstruação. O uso desse contraceptivo é indicado para mulheres que já tiveram relações sexuais e não apresentam infecção no colo do útero, da vagina e urinária. As mulheres virgens, com alergia a látex ou que tenham problema no colo do útero, não podem usar o diafragma. As usuárias precisam entender os requisitos mínimos e métodos de ensaio a serem utilizados para diafragmas reutilizáveis feitos de borracha natural e de borracha de silicone.

Da Redação – 

Um método contraceptivo é uma técnica que previne a gravidez, sendo, portanto, fundamental para o planejamento familiar. O método mais adequado depende de cada paciente, que deve avaliar os seus efeitos colaterais, a dificuldade de consegui-los e de manuseá-los.

O diafragma é um método contraceptivo de barreira que, apesar de ter sido descrito em 1880, ainda não é amplamente usado no país. Ele possui um anel flexível recoberto por uma membrana de silicone ou látex que é colocado no colo do útero. Em virtude de seu formato de cúpula, ao ser colocado no interior da vagina, o diafragma cobre o colo do útero e impede a passagem do espermatozoide.

Apesar de ser uma técnica simples, é necessário que um médico faça uma medição para determinar qual é o diafragma mais adequado para a paciente, uma vez que existem diversos tamanhos. É importante destacar que a medida do diafragma pode mudar após o parto, abortos e quando a mulher apresenta ganho ou perda de peso acentuados.

É fundamental que a paciente aprenda a colocar e a retirar o diafragma para evitar o uso incorreto do produto e uma possível diminuiç...

Artigo atualizado em 28/09/2021 08:21.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica