Publicado em 28 Jun 2022

Os carrinhos para crianças de até 22 kg devem cumprir as normas técnicas

Redação

O carrinho para criança é um veículo composto de um chassi e uma ou mais unidades de assento ou dispositivo de retenção para crianças (DRC). O tipo berço é usado para o transporte de bebês, ainda incapazes de sentar-se sem auxílio, geralmente na posição horizontal, composto de um chassi e um ou mais cestos para bebês e/ou unidade (s) de assento. O tipo passeio é usado para o transporte de crianças, geralmente na posição sentada, semirreclinada ou reclinada, composto de um chassi e um ou mais cestos para bebês e/ou unidade (s) de assento. O cesto para bebês ou prambody é uma estrutura com laterais e extremidades essencialmente verticais e contínuas com uma base interna projetada para transportar uma ou mais crianças na posição primariamente na horizontal. O cesto portátil com alça (s) ou carrycot é um produto consistindo de uma base, laterais, extremidades e alça(s) de transporte, dentro do qual uma criança pode ser deitada e transportada pelas mãos. Em todos esses produtos deve-se verificar os critérios mínimos de segurança durante o uso, submetendo-os aos ensaios previstos nas normas técnicas. Os carrinhos são submetidos a um uso intenso e movimentos repetitivos, visando reproduzir em laboratório, as situações reais de uso para prevenção de acidentes. Eles não devem possuir extremidades abertas, saliências, furos, porcas ou fendas em que partes do corpo da criança possam ficar presos, considerando sempre a área acessível para a criança. Para o ensaio em superfície irregular, deve-se simular o carrinho percorrendo via pública convencional, sendo o produto colocado em um sistema (tipo esteira), com obstáculos, a uma velocidade de 5 km/h. O carrinho é obrigado a passar por essa configuração de obstáculos por, no mínimo, 72.000 ciclos. Isto para avaliar se durante ou após o ensaio, o carrinho não sofrerá qualquer dano que prejudique sua segurança como: quebra das rodas, quebras do sistema de fixação, quebras e trincas do chassi, etc. Por isso, deve-se entender os requisitos normativos de segurança e os métodos de ensaio para os carrinhos destinados ao transporte de uma ou mais crianças com até 15 kg, além dos para carrinhos destinados ao transporte de uma ou mais crianças pesando acima de 15 kg até 22 kg cada.

Da Redação – 

O carrinho para crianças serve para levá-la de um canto para o outro, mas também pode ser usado como berço durante um bom tempo. Alguns critérios não podem ser esquecidos na hora da escolha do produto. Em termos de segurança, deve-se observar se o cinto de segurança tem no mínimo três pontos, sendo os mais indicados os de cinco pontos, porque seguram bem o bebê e evitam que ele escorregue. Observe bem os freios e as travas das rodas.

O carrinho quando freado não pode se movimentar, tem que ficar completamente parado. As peças do carrinho devem ser lisas, nunca ásperas e, além disso fique atenta a peças de metal que ficam expostas. Os freios de estacionamento devem manter o carrinho na posição estacionária enquanto que os dispositivos de frenagem devem desacelerar o carrinho quando empurrado pelo cuidador.

Os requisitos são fornecidos para assegurar que dispositivos de estacionamento sejam acessíveis ao cuidador durante o uso e sejam projetados de modo que não possam ser operados pela criança dentro do carrinho. Há risco de estabilidade devido à posição de rodas giratórias e, para prevenir os perigos, ...

Artigo atualizado em 28/06/2022 12:49.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica