Publicado em 25 Jun 2019

Os riscos das atmosferas explosivas

Redação

Uma atmosfera explosiva é definida como uma mistura de substâncias perigosas com o ar, sob condições atmosféricas, na forma de gases, vapores, névoa ou poeira, na qual, após a ignição, a combustão se espalha para toda a mistura não queimada. Quanto à a selagem do processo entre um fluido de processo contendo uma substância inflamável e um sistema elétrico, poderá ocorrer uma falha que poderia permitir a migração do fluido do processo diretamente para as partes do sistema de fiação.

explosiva2As condições atmosféricas são comummente referidas como temperaturas e pressões ambientes, isto é, temperaturas de –20 ° C a 40 ° C e pressões de 0,8 a 1,1 bar. Muitos locais de trabalho podem conter ou ter atividades que produzem atmosferas explosivas ou potencialmente explosivas. Os exemplos incluem locais onde as atividades de trabalho criam ou liberam gases ou vapores inflamáveis, como pulverização de tinta em veículos, ou em locais de trabalho que manipulam pós orgânicos finos como farinha de grãos ou madeira.



As atmosferas explosivas ocorrem quando os gases inflamáveis, névoa, vapores ou poeira são misturados com o ar. Isso cria um risco de explosão. A quantidade de uma substância necessária para criar uma atmosfera explosiva depende da substância em questão

A área onde esta possibilidade existe é definida como uma atmosfera potencialmente explosiva.

Essas atmosferas podem ser encontradas em todas as indústrias, desde química, farmacêutica...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica