Publicado em 04 Jun 2019

A vestibilidade de roupas para bebês, infantis e juvenis

Redação

Os presentes de produtos de vestuário nem sempre são fáceis, não apenas pela questão estética, mas principalmente por causa do seus tamanhos. As grandes diferenças encontradas nos tamanhos de vestuário adulto se refletem também no vestuário infantil, que aliado ao rápido crescimento dos bebês gera trocas e roupas sem ou com pouco uso. Dessa forma, pode-se indicar os tamanhos, de maneira direta e fácil de entender, das medidas corporais de bebês, crianças e adolescentes aos quais está destinado o vestuário.

roupa2A compra de roupas para bebês, crianças e adolescentes nem sempre é tarefa fácil para padrinhos, amigos e parentes, pois no Brasil os tamanhos das peças de vestuário do público de zero a dezesseis anos não são padronizados. As idades costumam ser a referência nas etiquetas, porém nem sempre correspondem, de fato, ao porte físico dos bebês, crianças e adolescentes. Com a entrada de produtos chineses ou de outros países orientais, isso acabou ficando muito complicado.

A modelagem plana utiliza os princípios da geometria para traçar diagramas bidimensionais que resultam em formas que recobrem a estrutura física do corpo, chamadas de moldes. Para isso, utiliza-se de ciências como a antropometria (estudo das medidas do corpo humano) e da ergonomia (ciência que auxilia na interação do homem com o meio em que vive).



O estudo das dimensões corporais é fundamental para os projetos de vestuário, iniciados geralmente pelo estilista ao enviar um desenho para o modelista, que ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica