Publicado em 07 Jan 2020

A corrida contra as mudanças climáticas: menos conversa, mais ação

Redação

A sustentabilidade faz sentido nos negócios, porque a saúde das empresas depende da saúde do planeta e do povo.

marco

Marcos Matias

A ação climática é inegociável entre setores e em todo o mundo. Com a COP25 em curso, sabemos que a hora de agir é agora. Mas agir vai além de estabelecer boas intenções; requer investimentos de longo prazo e um compromisso coletivo global para criar mudanças positivas. Considere o seguinte: a cada ano, são necessários de US$ 5 a US$ 7 trilhões para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), das Nações Unidas e, assim, proteger o planeta, aliviar a pobreza e alcançar a paz e a justiça em todo o mundo. Isso é quase o equivalente a todo o PIB do Japão.



Desse modo, a ONU estima que o setor público não será capaz de financiar a implementação da Agenda 2030 por conta própria, tornando a participação da iniciativa privada mais imperativa do que nunca. Vivemos em um mundo onde as corporações podem ser maiores e mais influentes do que países inteiros.

Mas o setor privado é composto por mais do que gigante...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica