Publicado em 24 Aug 2021

Os reservatórios em polietileno para água potável devem cumprir a norma técnica

Redação

Os reservatórios de polietileno são adequados para armazenar água potável, para serem usados como reservas de água para fins industriais, para a prevenção de incêndios e para coletar água da chuva ou esgoto. O polietileno de alta densidade para água potável é projetado e fabricado para armazenar alimentos, água potável e coletar água da chuva ou águas residuais. Normalmente, é produzido em polietileno linear que é um material atóxico e o processo de moldagem rotacional garante excelente resistência ao impacto, resistência a agentes químicos, mudanças de temperatura, condições climáticas adversas e raios ultravioleta. Como não é transparente, isso evita a exposição do líquido armazenado ao sol, minimizando o crescimento de algas. Muito duráveis, leves e fáceis de manusear, são fabricados com técnicas computadorizadas superiores, o que garante que os reservatórios sejam produzidos com uma estrutura monolítica e espessura de parede homogênea. Esse tipo de reservatório pode ser facilmente lavado com detergentes tradicionais graças à sua superfície interior perfeitamente lisa. É fornecido com tampa superior rosqueada e com todos os acessórios e encaixes para atender às necessidades individuais do cliente. Os reservatórios de plástico são feitos por meio de moldagem rotativa ou moldagem por injeção de plástico. Normalmente, os fabricantes começam o processo criando um molde em forma de vasilha de aço inoxidável. Os detalhes do molde são mapeados no computador e eles preenchem o molde do recipiente com grânulos de plástico ou pó, selam e giram sobre uma fonte de calor. Isso permite que o material plástico derreta no molde. Os fabricantes permitem que o plástico endureça e resfrie. Uma vez feito isso, eles abrem o recipiente para revelar o tanque dentro. Para variar a espessura do tanque, os fabricantes apenas usam mais ou menos material plástico. Os tipos mais comuns de materiais usados são polietileno (PE), polipropileno (PP) e plástico reforçado com fibra de vidro (FRP). Os tipos de polietileno usados incluem polietileno de alta densidade HDPE, polietileno de baixa densidade (LDPE), polietileno de média densidade (MDPE), polietileno linear de baixa densidade (polietileno linear) (LLDPE) e polietileno reticulado (XLPE). Eles também podem usar outros plásticos, como cloreto de polivinil (PVC) ou cloreto de polivinilideno (PVDF). Cada tipo de plástico oferece diferentes graus de qualidades plásticas comuns, como resistência à corrosão, resistência ao impacto, esterilidade, durabilidade, resistência química, dureza, etc. Os fabricantes escolherão um material de tanque de plástico com base nos requisitos de sua aplicação. Deve-se conhecer os requisitos e métodos de ensaio de materiais, propriedades físicas e de desempenho de reservatórios estacionários de volume nominal de até 3 000 L (inclusive), constituídos de corpo em polietileno produzido pelo processo de rotomoldagem ou sopro destinados ao armaze­namento de água potável, à temperatura ambiente e pressão atmosférica e de tampas de polietileno ou polipropileno produzidas pelo processo de rotomoldagem, sopro ou injeção.

Da Redação – 

Atualmente, o mercado brasileiro é dominado pelos reservatórios de polietileno ou poliolefínicos que ganhou espaço por ser leve, de manuseio e transporte simples, ter superfície lisa, ser fácil de limpar e por garantir a potabilidade da água armazenada. Geralmente os fabricantes disponibilizam produtos em dois modelos: os tradicionais com sistema de trava na tampa e capacidades de 250 até 5.000 L e os que possuem abertura de 60 cm e são fechados com tampa de rosca com vedação total, disponíveis nas capacidades entre 500 e 20.000 L.

O poliéster reforçado por fibra de vidro e o aço carbono são outros materiais utilizados na fabricação dos reservatórios de água potável. Além dos produtos pré-fabricados, existem também reservatórios construídos inloco, geralmente para acondicionar volumes maiores e voltados para garantir o abastecimento industrial. Em termos de desempenho, eles devem garantir a preservação da potabilidade da água armazenada, em especial quanto à transmissão de sabor, odor, cor ou toxicidade ou ao crescimento de algas e micro-organismos. Devem, ainda, apresentar características como resistência ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica