Publicado em 25 Jan 2022

Existe espaço para mulheres na tecnologia?

Redação

Por que então esse universo passou a ser um ambiente masculino? Uma das versões dá conta que, na década de 80, quando os videogames chegaram no mercado, ficou caracterizado que eles eram destinados aos meninos, fazendo com que tecnologia em geral passasse a ser caracterizada como coisa de menino e gerando o predomínio dos homens nessa área.

Fernanda Lyra Martins e Vivaldo José Breternitz – 

A cada dia que passa, o tema mulheres na tecnologia vem sendo mais explorado e cresce o incentivo para a inclusão do público feminino nessa área. Pouco a pouco, vemos mulheres ocupando um espaço até agora dominado por homens.

Porém, a história nos conta que antes de nomes como Alan Turing, Steve Jobs e Bill Gates, a computação era uma área ocupada por mulheres. De acordo com registros da USP, sua primeira turma de ciência da computação, que foi formada em 1974, contava com 20 alunos, sendo 14 mulheres e 6 homens. 

Mas, se voltarmos um pouco mais no tempo, em 1843 tivemos Ada Lovelace que foi a primeira pessoa a desenvolver um algoritmo computacional. Hedy Lamarr era uma famosa atriz que inventou uma tecnologia utilizada atualmente na área de celulares, Bluetooth e Wifi. Na época suas ideias permitiram criar um sofisticado aparelho utilizado para desorientar radares nazistas; patenteou esse sistema em 1940, usando o seu verdadeiro nome, Hedwig Eva Maria Kiesler. 

Nos anos 1950, tivemos Grace Hopper, que entre outras coisas, esteve envolvida na criaçã...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica