Publicado em 11 Jun 2019

O ensaio de estanqueidade à água de esquadrias

Redação

Discute-se uma mudança no método de ensaio e nos critérios de avaliação e classificação das esquadrias de fachadas, portas e janelas no Brasil, com relação ao requisito de estanqueidade a agua, da NBR 10821, adequando-a às reais solicitações de uso, considerando como referências a NBR 15575, NBR 6123 e UNI EN 12208. São indicados valores de pressões de ensaio em média 60 Pa superiores às prescritas na NBR 10821, porem com maior detalhamento, considerando principalmente a região onde se insere a edificação, a vida útil de projeto (VUP) e a altura de utilização do produto. Da mesma forma, são apresentados valores de pressão de ensaio que ultrapassam em mais de duas vezes o valor apresentado na norma atual e outros que ficam abaixo. Propõe-se também mudança no critério de avaliação do produto e de classificação de desempenho em mínimo, intermediário e superior, correlacionando-a à VUP do produto. Isso pode contribuir para uma identificação mais clara entre os diversos produtos com desempenhos diferentes que são oferecidos no mercado, pois, pelo critério da norma vigente, o resultado de ensaio de uma esquadria de boa qualidade é igual ao de uma esquadria de excelente qualidade, colocando um teto de desempenho que não estimula a realização de produtos melhores e diferenciados.

esquadria2Thiago Salaberga Barreiros e Maria Akutsu

No Brasil, as esquadrias de fachadas, portas e janelas são submetidas a avaliação de desempenho de acordo com a NBR 10821. Porém, um dos requisitos da avaliação - estanqueidade a agua - deve ser avaliado também com base nas normas brasileiras NBR 15575 e NBR 6123, que abordam respectivamente, o desempenho da edificação residencial, importante referência sobre Vida Útil de Projeto (VUP), e a forca que o vento exerce em edificações, considerando a região do pais, a altura de incidência, a rugosidade do terreno, a frequência de ocorrência do vento, entre outros fatores.



Caso essas normas fossem adotadas adequadamente para estabelecer os parâmetros do ensaio de estanqueidade à agua relacionando a VUP e à pressão do vento, as pressões de ensaio utilizadas seriam diferentes das adotadas atualmente, mais próximas ao uso a que são submetidas. Outras fontes de referência para a avaliação desse requisito em ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica