Publicado em 22 Sep 2020

A gestão da comunicação ambiental

Redação

A comunicação ambiental envolve todas as formas de comunicação em que as pessoas se envolvem para experimentar, compreender, questionar e agir sobre as questões, os problemas e as soluções ambientais. Se compõe por todas as diversas formas de comunicação - verbal, visual, auditiva e multissensorial - que contribuem para os debates públicos sobre o meio ambiente. E de uma forma mais fundamental, sobre a relação dos seres vivos com a natureza. Dessa forma, a comunicação ambiental é um atividade laica, é algo que todos fazem, seja falando sobre o tempo com um amigo, usando fotos para divulgar uma questão ambiental que nos interessa, testemunhando em audiência pública contra um novo contrato de fraturamento hidráulico, ou acenando uma placa de protesto em uma greve climática. É também um campo de prática profissional, pois as pessoas ganham a vida fazendo comunicação ambiental como escritores, fotógrafos, organizadores de campanha, lobistas e produtores de documentários, e posições sobre a sustentabilidade corporativa criadas por comunicadores profissionais. É também um campo de pesquisa acadêmica que explora o papel da comunicação em moldar a compreensão, as atitudes e o comportamento das pessoas em relação ao meio ambiente. Como um campo de estudo, mitos exploram como a comunicação molda o modo como as pessoas pensam, falam e se comportam quando se envolvem em uma ampla gama de atividades ambientais. E pode-se perguntar: quais as teorias e os métodos podem dar sentido ao que está acontecendo na Terra? A psicologia, a sociologia, a antropologia, os estudos ambientais, a ciência política e a linguística e a comunicação se alimentam da confusão de teorias e métodos que compõem o campo acadêmico e profissional da comunicação ambiental. Deve-se entender as diretrizes sobre princípios gerais, política, estratégia e atividades relacionadas com a comunicação ambiental, tanto interna quanto externa, além das abordagens comprovadas e reconhecidas para a comunicação, adaptadas às condições específicas existentes na comunicação ambiental.

Hayrton Rodrigues do Prado Filho – 

A comunicação ambiental é definida como qualquer forma de comunicação que se preocupa com assuntos e questões ambientais. Dentro dessa ampla definição estão muitos tipos diferentes de comunicação, desde o marketing de sustentabilidade até anúncios de relações públicas sobre riscos ambientais, até os argumentos que os políticos fazem sobre questões de aquecimento global, poluição, escassez de água e práticas agrícolas. A comunicação ambiental está intimamente ligada à comunicação científica e frequentemente usa a pesquisa científica para fundamentar ou refutar argumentos sobre as questões ambientais.

A missão da comunicação ambiental é investigar e divulgar as questões que afetam o mundo natural e o papel do homem na proteção ambiental e na gestão de recursos. As comunicações ambientais são definidas como a avaliação e a prática de como as pessoas, sociedades e organizações interagem e afetam o meio ambiente.

Inclui uma variedade de interações, desde comunicações interpessoais até cobertura da mídia relacionada ao meio ambiente. Em essência, refere-se às estratégias e práticas que são usadas para gerenciar e proteger o meio ambiente. Em seus termos mais básicos, a comunicação ambiental refere-se a assuntos que impactam o meio ambiente.

Inclui todas as formas de comunicação, desde a organizacional a grupal, a interpessoal e a divulgada pela mídia, todas as quais desempenham um papel na const...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica