Publicado em 10 Mar 2020

As fraudes sintéticas ganham espaço e trazem enormes prejuízos

Redação

A fraude sintética é aquela no qual os cibercriminosos criam uma identidade virtual combinando dados verdadeiros e falsos, a fim de abrir contas fraudulentas e fazer compras.

eduardo tardelli

Eduardo Tardelli

Criar um perfil para aplicar um golpe (geralmente financeiro) é, infelizmente, uma coisa muito comum e que tem ganhado espaço nas estatísticas de fraudes no Brasil e no mundo. Antes restrito ao mundo offline por meio dos estelionatários, que usavam histórias e um boa lábia para enganar e aplicar golpes, agora essa prática foi estendida à internet, em resposta as constantes atualizações de segurança nos meios financeiros (como cartões de créditos com chips, verificação duplicada dos bancos, SMS aos consumidores no momento da compra, ligações em grandes movimentações, etc.).



A nova roupagem desse tipo de fraude é agora aplicada de forma sintética, no qual cibercriminosos criam uma identidade virtual combinando dados verdadeiros e falsos, a fim de abrir contas fraudulentas e fazer compras. Isso acaba resultando em perdas anuais de US$ 5 bilhões a US$ 8 bilhões, segundo dados da Javelin Strategy & Resea...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica