Publicado em 16 Mar 2021

A LGPD e o valor precioso dos dados

Redação

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) discute sobre a segurança de dados, ou seja, regulamentar o tratamento de dados pessoais de clientes e usuários por parte de empresas, sejam elas públicas ou privadas. Os dados se transformaram em elementos valiosos para empresas de todos os portes e segmentos. Se bem praticada, pode trazer benefícios para os dois lados - empresa e consumidor.

Alexandre Resende – 

A LGPD tem sido assunto frequente no mundo corporativo e na imprensa. Sancionada em 2018, ela entrou em vigor em setembro de 2020 com o objetivo de regulamentar o tratamento de dados pessoais de clientes e usuários por parte de empresas, sejam elas públicas ou privadas. O objetivo é assegurar que as informações disponibilizadas não sejam usadas de formas que não tenham sido autorizadas. Uma proteção aos consumidores e uma grande responsabilidade para as companhias que hoje enxergam dados como ouro.

Para se ter ideia do valor de uma informação pessoal, é importante saber que grandes empresas já fazem a medição de seu valuation (termo em inglês que significa valoração de empresas) pelos ativos de dados que têm. A Coca-Cola, por exemplo, uma das marcas mais valiosas do globo, tem informações de consumo do mundo inteiro que estão começando a fazer parte de seu valor global.

No entanto, esses dados não são da companhia, mas sim do João, da Maria e de tantos outros consumid...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica