Publicado em 14 Sep 2021

Como tornar o plástico mais circular?

Redação

Ao se se continuar na trajetória atual no uso do plástico, em 2040, o fluxo desse material que chega aos oceanos irá triplicar, chegando a 29 milhões de toneladas por ano. Chama atenção a informação de que todos os compromissos já acordados entre governos e empresas deverão causar uma redução de apenas 7%, muito aquém do necessário. Mais do que confirmar o tamanho do problema, uma das principais conclusões do estudo: é possível reverter cerca de 80% desse volume se diversas soluções forem implementadas em conjunto e se agirmos para colocá-las em prática o quanto antes. Algumas medidas já são bastante conhecidas e debatidas, como a eliminação de todos os plásticos desnecessários.

Amanda Baldochi – 

Uma publicação da Ellen MacArthur de 2016 denominada A Nova Economia do Plástico - Repensando o Futuro do Plástico previu que, se nada fosse feito para impedir a entrada de plástico nos oceanos, até 2050 haveria mais plástico do que peixe em nossos mares. Com o maior consumo desse material desencadeado pela pandemia associado à sua disposição inadequada, novos estudos vêm confirmando esse dado alarmante.

Com o apoio de diversas organizações, entre elas a Universidade de Oxford e a Fundação Ellen MacArthur, o estudo denominado Breaking the plastic Wave, ou quebrando a onda do plástico em tradução livre, aponta que, se continuarmos na trajetória atual, em 2040, o fluxo de plástico que chega aos oceanos irá triplicar, chegando a 29 milhões de toneladas por ano. Chama atenção a informação de que todos os compromissos já acordados entre governos e empresas deverão causar uma redução de apenas 7%, muito aquém do necessário.

Mais do que confirmar o tamanho do problema, uma das principais conclusões do estudo: é possível reverter cerca de 80% desse volume se diversas soluções forem implementadas em conju...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica