Publicado em 14 Apr 2020

O projeto de Estações de Tratamento de Esgoto Sanitário (ETE)

Redação

Uma ETE é o conjunto de unidades de tratamento, equipamentos, órgãos auxiliares, acessórios e sistemas de utilidades, cuja finalidade é a redução das cargas poluidoras do esgoto sanitário e condicionamento da matéria residual resultante do tratamento. O tratamento de esgotos consiste na remoção de poluentes e o método a ser utilizado depende das suas características físicas, químicas e biológicas. Algumas utilizam o método por lodos ativados, onde há uma fase líquida e outra sólida. O método, desenvolvido na Inglaterra em 1914, é amplamente usado para tratamento de esgotos domésticos e industriais. O trabalho consiste em um sistema no qual uma massa biológica cresce, forma flocos e é continuamente recirculada e colocada em contato com a matéria orgânica sempre com a presença de oxigênio (aeróbio). O processo é estritamente biológico e aeróbio, no qual o esgoto bruto e o lodo ativado são misturados, agitados e aerados em unidades conhecidas como tanques de aeração. Após este procedimento, o lodo é enviado para o decantador secundário, onde a parte sólida é separada do esgoto tratado. O lodo sedimentado retorna ao tanque de aeração ou é retirado para tratamento específico. Deve-se entender as condições recomendadas para a elaboração de projeto hidráulico e de processo de ETE, observada a regulamentação específica das entidades responsáveis pelo planejamento e desenvolvimento do sistema de esgoto sanitário.

Da Redação - 

A função de uma ETE é realizar os processos físicos, químicos e/ou biológicos nos efluentes, para que eles possam ser descartados adequadamente no meio ambiente. Os efluentes que não passarem por uma ETE não podem ser descartados no meio ambiente, pois eles podem contaminar a água ou o solo.

Uma ETE, para que possa ser instalada, devem ser feitos alguns processos. Primeiramente, deve ser realizado um projeto, para garantir que as ETE atenderam perfeitamente a todas as necessidades. Depois, a estação é implantada e, por fim, ela começa a operar, tratando todos os efluentes da maneira correta.

Com o uso de uma ETE, o estabelecimento contará com tecnologia de ponta, no que diz respeito ao atendimento de conceitos de proteção ambiental. Os recursos hídricos, que estão cada vez mais escassos, serão preservados, uma vez que ela fará todos os procedimentos necessários para que essa água possa voltar ao meio-ambiente.

Outra grande vantagem obtida com a instalação de uma ETE é o atendimento a todas as exigências previstas em normas e na legislação. Normalmente, água com impurezas que retorna de casas, empresas e indústrias passará por várias etapas para ser despoluída e devolvida ao meio ambiente. Um processo que leva até 20 dias, na fase líquida e sólida, para que sejam retirados todos os dejetos.

Geralmente, uma ETE tem um tanque de areia em que o esgoto circula bem devagar para que a areia fique depositada no f...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica