Publicado em 03 Nov 2020

A segurança contra incêndio no transporte ferroviário de cargas

Redação

Os sistemas ferroviários de transporte de cargas utilizam um trilho ferroviário, operando em servidão para movimentação de cargas, mercadorias, etc. e os terminais ferroviários são as áreas onde são realizadas operações de carga, descarga, transbordo intermodal e armazenamento de produtos transportados pela ferrovia de transporte de carga. Já o risco é a probabilidade de ocorrência de perigo e suas consequências. Com base na classificação de perigos ou riscos realizada na etapa de sua identificação, deve-se selecionar os cenários potenciais de acidente. Com eles identificados, realizam-se as simulações de ocorrência nesses cenários, por meio de programas de computador para se determinar a extensão dos efeitos danosos à vida, meio ambiente e patrimônio do empreendimento. Nesta fase também se avalia a vulnerabilidade das pessoas e dos materiais/estruturas aos efeitos desses acidentes. Essa avaliação é efetuada para se determinar o nível de radiação térmica absorvida durante um incêndio e o nível de sobrepressão recebido durante uma explosão no interior do túnel em análise. Os estudos de dispersão atmosférica de nuvens tóxicas devem ser elaborados para os casos de produtos tóxicos emitidos durante o acidente no interior, por exemplo em um túnel. As ferramentas computacionais podem ser utilizadas na avaliação do ciclo de vida de alguns locais da ferrovia, tipo túneis. A análise de riscos efetuada deve ter as características qualitativas e, com a estimativa de frequências de riscos, se inicia a sua quantificação. Ela deve ser realizada pelo emprego de técnicas do tipo árvore de falhas e de eventos. A técnica de árvore de falhas considera a probabilidade de ocorrência do evento topo (acidente indesejável) e de suas causas. A construção da árvore de falhas se baseia na determinação de portas de ocorrência de causas do tipo e/ou. Para essa quantificação, usam-se conceitos de álgebra Booleana para a determinação da frequência de ocorrência do evento topo a ser estudado. A árvore de eventos estuda a sequência de ocorrência de um evento indesejável, aplicando a teoria de Delphi. Importante conhecer os parâmetros de segurança contra incêndio nas instalações das ferrovias de transporte de cargas, a metodologia de análise e gerenciamento de riscos de incêndio e os procedimentos de emergência e de contingências aplicados a estas ferrovias.

Da Redação – 

O transporte ferroviário de mercadorias é comumente usado para enviar cargas, incluindo cargas a granel e bens de consumo, como produtos de limpeza doméstica, baterias, tintas, etc. Os principais tipos de carga transportados por transporte ferroviário de mercadorias incluem materiais perigosos, cargas especiais e bens de consumo. A carga especial inclui paletes de aço, automóveis, cargas de grandes dimensões e produtos para os quais certas temperaturas devem ser mantidas. A classificação de produtos transportados em vagões de carga pode ser conferida na tabela abaixo.

Os bens que requerem refrigeração geralmente são enviados em carros refrigerados, enquanto itens muito pesados são transportados em vagões tipo Schnabel ou os projetados para transportar cargas pesadas e muito grandes, de tal forma que a carga se torna parte do vagão. Há os vagões especiais fechados e abertos para transportar veículos, enquanto os carros de bobina são geralmente usados para transportar paletes de aço. Os produtos de consumo incluem itens como repelentes de insetos, desinfetantes para as mãos, vegetais e frutas, nozes, produtos da indústria têxtil, etc. Muitos produtos de consumo são enviados em contêineres, mas isso depende do tipo de carga.

...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica