Publicado em 29 Dec 2020

As proporções monstruosas do Estado brasileiro

Redação

Atualmente, compõem, de maneira geral, os gastos do Estado: folha de pagamento com servidores públicos, previdência e juros. Isso coloca o Brasil no seleto grupo dos países que mais gastam com funcionalismo, atrás de países como França e Canadá. Seguindo nesse mesmo ritmo de crescimento dos gastos - na ordem de 1% ao ano - e fazendo uma projeção relativamente simples, é possível concluir que se nada mudar, daqui a 60 anos, em 2080, o país terá atingido 100% do PIB em gastos públicos.

Allan Augusto Gallo Antonio – 

Na mitologia nórdica, o Kraken é uma criatura há muito conhecida na literatura e na cultura popular. De acordo com as narrativas mais famosas, tratava-se de um cefalópode (uma espécie de lula) de proporções colossais e que tinha como atividade principal afundar os navios que passavam próximos a ele.

Semelhante ao Kraken, nos últimos anos o Estado brasileiro está paulatinamente tomando proporções monstruosas, principalmente no que se refere ao crescimento de seus gastos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB). Muito se tem dito a respeito do tamanho do Estado e da tributação excessiva no Brasil, no entanto, a maioria das pessoas esquece que o tamanho do Estado é mais adequadamente visualizado quando olhamos para o quanto ele gasta e não somente para o quanto ele tributa.

Se tomarmos como base as dez principais economias do mundo, o Brasil foi o que experimentou maior expansão dos gastos públicos na última década. De 2008 a 2019, a despesa do Estado (so...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica