Publicado em 17 Dec 2019

O ensaio de ultrassom em soldas

Redação

O ensaio não destrutivo por ultrassom é um método para caracterizar a espessura ou a estrutura interna de uma peça por meio do uso de ondas sonoras de alta frequência. As frequências usadas para ensaios  ultrassônicos são muitas vezes superiores ao limite da audição humana, mais comumente na faixa de 500 kHz a 20 MHz. Saiba mais sobre os requisitos para o ensaio por ultrassom, utilizando ondas transversais com a técnica de pulso eco, para a detecção de descontinuidades em soldas longitudinais e helicoidais em tubos metálicos de aço.

solda2Da Redação –

Em aplicações industriais, os ensaios ultrassônicos são amplamente utilizados em metais, plásticos, compósitos e cerâmica. Os únicos materiais de engenharia comuns que não são adequados para ensaios ultrassônicos com equipamentos convencionais são os produtos de madeira e papel. A tecnologia ultrassônica também é amplamente utilizada no campo biomédico para diagnóstico por imagem e pesquisa médica.



As ondas sonoras de alta frequência são muito direcionais e viajam através de um meio (como um pedaço de aço ou plástico) até encontrar um limite com outro meio (como o ar), momento em que refletem de volta à sua fonte. Ao analisar essas reflexões, é possível medir a espessura de uma peça de ensaio ou encontrar evidências de rachaduras ou outras falhas internas ocultas.

Nos ensaios ultrassônicos, um transdutor de ultrassom conectado a uma máquina de diagnóstico é passado sobre o objeto que está sendo inspecionado. O transdutor n...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica