Publicado em 08 Dec 2020

As empresas que podem falir e as que não correm riscos de falência

Redação

Quais são as cinco empresas brasileiras que não devem falir nos próximos dois anos e quais são as cinco com maior risco de falência? Algumas empresas têm sua saúde financeira com uma correlação inversa à crise, significa dizer que a situação da economia piora, mas essas empresas melhoram na saúde financeira. Outras têm uma relação direta com a crise, apresentando uma piora na saúde financeira. Estudos recentes empregaram diferentes técnicas para estimar a falência. Uma das técnicas mais tradicionais para prever a falência é o a fórmula do Z-score, que foi publicada em 1968 pelo Dr. Edward I. Altman, que era, na época, professor assistente de finanças na Universidade de Nova York.

Murillo Torelli Pinto – 

A previsão de empresas que operam em dificuldades financeiras tem sido um assunto de particular interesse para muitos acadêmicos, empresas e governos. Esse tipo de pesquisa sobre a previsão de falências com dados da contabilidade, é usada por bancos e financistas na avaliação de riscos e concessão de crédito.

Em um momento econômico como estamos, com os efeitos da pandemia nas empresas, é natural uma preocupação com aumento do risco de falência e avalição da saúde financeira das empresas. Algumas empresas têm sua saúde financeira com uma correlação inversa à crise, significa dizer que a situação da economia piora, mas essas empresas melhoram na saúde financeira. Outras têm uma relação direta com a crise, apresentando uma piora na saúde financeira. 

Estudos recentes empregaram diferentes técnicas para estimar a falência. Uma das técnicas mais tradicionais para prever a falência é o a fórmula do Z-score, que foi publicada em 1968 pelo Dr. Edward I. Altman, que era, na época, professor assistente de finanças na Universidade de Nova York. A fórmula pode ser usada para prever a probabilidad...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica