Publicado em 18 Aug 2020

A rastreabilidade como uma ferramenta de gestão

Redação

A segurança do alimento é uma prioridade para qualquer fabricante atuando nessa indústria. Ao longo do seu ciclo de produção, um alimento pode passar por algumas dezenas de etapas entre processamento e envase, algumas 100% automatizadas e outras que contam com a participação de operadores.

Edison Kubo – 

A partir de março deste ano, a vida mudou completamente e algo novo que pouco discutíamos passou a ser normal nos noticiários: a busca pelo paciente zero. O que significa isto? O paciente zero é a primeira pessoa infectada por uma doença viral ou bacteriana, pois a identificação dela nos ajuda a entender como o vírus ou bactéria se propagou no mundo ou em um país.

Para ilustrar a importância da rastreabilidade e como nesta pandemia o tempo não passa, março já parece um tempo bem distante na memória, e agora já temos um app lançado pela SAP, na Alemanha, chamado corona-warn-app. Ele foi criado em parceria com a Google e Apple e emite avisos caso uma das pessoas que tenha feito o download esteja contaminada e próxima a você. Sabe quantos downloads foram feitos? Cerca de 6,5 milhões em 24 horas.

Estes exemplos mostram que, com o coronavírus, o tema rastreabilidade passou a ocupar um papel de destaque. Para o cidadão comum, ficou clara a importância de compreender a origem de determinados problemas para que então seja possível desenhar estratégias de combate e planos de ação. Assim como a rastreabilidade é bem-vinda no enfrentamento de crises sanitárias, ela também exerce um papel preponderante na indústria alimentícia.

A segurança do alimento é uma prioridade para qualquer fabricante atuando nessa indústria. Ao longo do seu ciclo de produção, um alimento pode passar por algumas dezenas de etapas entre processamen...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica